maio 21, 2008

Como queira.

Você me viu ali parado e achou que alguns minutos de diversão valeriam a pena. Não se importou sobre o que tinha acontecido no meu dia, nem ao menos perguntou meu sobrenome. Eu estava sozinho, perdido. Pisando errado. E nem ao menos acertava mais o bar de todo dia. Mas você mostrou tanto prazer ao estar em minha companhia que mesmo quando pegou a chave do meu carro, e pôs se a dirigir como se fosse seu, eu não me importei. Logo já morava na casa que era minha e até tinha mudado meus os sofás de lugar. Pôs - se a fazer minha comida. E usar do meu salário. Portanto estava bem. Pra mim pelo menos, estava tudo bem. Dormíamos juntos e sempre que o tempo era um pouco maior conversávamos sobre o acontecimento mais importante da semana ou astrologia. Foi quando eu comecei a me afeiçoar. Meus passos já não eram tão errados. E eu já não me sentia tão desnorteado assim. Comecei até a gostar do jeito que você fritava o meu ovo, ou cantava quando lavava minhas meias. Foi assim, no mesmo dia que percebi o ovo e as meias que você chegou pra mim e me disse que iria embora. E quando eu perguntei para onde, você respondeu me dizendo que não era para onde, era do que. E que era da minha vida. Só o que eu digo é que então vá. Siga seu rumo. Mas por favor, quando encontrar outro encostado no muro e for com ele se divertir, lembre - se de não dormir com ele na primeira noite. Na verdade, adie isso o máximo possível. Sabe o que é? Ele pode fugir ao perceber que você não tem nenhum dote na cama. E porque na verdade, nem todos são loucos como eu.

20 opiniões:

Aline Dias disse...

comecei a ler o texto e lembrei de duas coisas
da música do lulu santos (ela me faz tão bem) e da insustentável leveza do ser, do Milan kundera.
E sabe, gostei mais ainda no fim, que me surpreendeu.

Aline Dias disse...

blogueiro linka blogueiro! é a lei fundamental da blogosfera, disse titio fábiomalini (www.fabiomalini.worpress.com)
mas, na verdadade, quem me dá aula de blog é o rafael paes (www.metacobertura.wordpress.com)

♥ Camila disse...

aaaaaa belo texto!
hahahahah
meio confuso PRA MIM QUE NAO ENTENDO AS COISAS TÃO RAPIDO ASSIM
haha

beijo senhorita!
SUMIU DO MEU BLOG EIM! =]

raai. disse...

eu aaameei o texto
é seu? *-*

beeeeeijo :DDD

éér, gostei daqui, pode linkar? ;D

L.S. Alves disse...

Não sei quem escreveu, mas adorei o texto.
Um abraço.

As partes interessadas disse...

Oi! Tô retribuindo a visita lá no Porque Cargas. Vou confessar: neme sempre leio de cara os blogs novos que aparecem lá no nosso cantinho. Mas parei no seu. E fui lendo, fui lendo, fui lendo... me identificando com algumas coisas... Putz! Me parece até que vc não é vc, digo, que não é uma menina, que se faz passar por uma... estranho, eu sei, mas é que algumas de suas palavras, acho, caberiam na boca de um homem, alguém que conheço... outras, em minha própria...
Bom, gostei daqui, da intensidade com que escreve. Vou votar. Espero que apareça por la´tb.
Bjos.

L.S. Alves disse...

T. você passou no blog que eu coloco os meus links. É preferível que você visite o Máquina de Letras, esse é o blog onde escrevo.
Um abraço.

raai. disse...

@_@

séério?
:DDD
posso copiar?
eu ponho os creditos direitinho e taal ;x

se tu deixar agradeço (:
;*

Loh_rayne disse...

vc que escreveeeu ?

Puts parabens adoraay o texto e o blog todo !

beijos :*

raai. disse...

ahaam, faz assim
add no msn? ;$
raai._@hotmail.com

dai lá eu te explico, é meio complicadinho e panz :~

;DDD

;***

Filipe Garcia disse...

Olá,

gostei da importância dada no momento da escolha. Se a escolha for movida a diversão, relmente, há puro egoísmo. Legal também isso de ver o outro em sua pele. Acontece isso mesmo quando se ama? Tenho dúvidas, rs.

Beijo.

Storyofprincess disse...

Oii
que bonito o texto, bem legal mesmo, fala sobre coisas importantes..
bjss :}

Amanda disse...

Que ótimo, tu gosta de Clarice! (vi no teu perfil). Beijos!

mundo a fora disse...

nem gosto de ler muitos nos blogs (ate pq nao tenho tempo) mais não é q seus textos me prenderam... vc é a menina do professor mesmo?

tenho uma amiga q se envolveu com um homem casado e ela sofre horrores ée muito triste isso...

eu tenho uma opinião muito fria sobre o amor...porém prefiro guardar pra mim, as pessoas não compreederia

adorei seu blog...sucesso e continue assim... nada melhor q colocarmos tudo pra fora.

bjoka e se quiser visitar meu MUNDO, será sempre bem vida..voltarei

>.<

Shelha disse...

ADOREI!!!

parece um universo paralelo, mas as vezes a gente vive assim mesmo.
Eu pelo menos quando tô andando por ai... quando percebo já até passei do lugar onde tava indo!

Muito bom mesmo, vou ver se passo mias por aqui, tem muiiitaaa coisa p/ ler!

Ariana disse...

Ai que lindo do seu blog!

Amei aqui!

Beijo*

Idylla disse...

amei seu blog, amei seus textos bem interessante!!! retribuindo tb sua visitinha ao meu...
beijooss!! =*

♥ Camila disse...

Oii linda!
ahhahaha
ah vai deu uma sumidinha sim hahaha

BEIJOOO TENHA UMA ÓTIMA SEMANA

Regiane Karpuska disse...

Olá....
Amei o texto....
Na minha opinião, o ser humano tem q aprender a colocar-se no lugar do outro.
Se isso acontecesse ñ teríamos tantas separações, tantas mortes banais, tantas besteiras cometidas por "seres humanos" q se dizem racionais....
Um grande beijo

Cintia Casati disse...

Adorei o post...
qq dia consigo isso tbm!
^^
ps:adoro a musica (ela me faz tão bem) lembrada pela aline... e por mim quando li!! hauhauahu
=*

 

Blog Template by YummyLolly.com - Photoshop Brushes Obsidian Dawn