outubro 19, 2009

desapego

E eu lentamente associei suas palavras, mas sabe quando você come bolacha água e sal sem tomar água? Era assim, não queria passar pela minha garganta.
Você tentou me dizer com toda delicadeza, eu sei.Era leve, mas era doído.
Você tentou ser gentil, até passou a mão no meu cabelo enquanto falava, me beijou na boca, e me disse que queria que eu fosse muito feliz.
Mas como ser feliz sem você? Você disse que me amava, mas que nós, eu e você, não era pra ser.Frustante.Agoniante.Inacreditável.Chorei.Me partiu o coração.Minha cabeça doeu dias seguidos, e eu confesso, até achei que iria morrer.
Mas eu não sei como, não sei quando, eu comecei a me desapegar de você.Sabe aquilo tudo de sentir seu cheiro em todo lugar? Não sentia mais.
Nem via seu rosto em todos os rostos por aí, talvez seja porque eu havia parado de procurar.
Se você quer saber, eu estava bem.Muito bem.Parecia que as cores estavam voltando no meu mundo encobrindo todo esse cinza escuro com o qual você insistiu em pintar minha vida.
A comida estava voltando a ter gosto, e eu já conseguia comer o prato todo, sem sobrar nada.E agora, que as piadas começaram a ter graça novamente, me vem você.Me aparece com seu sorriso lindo, dizendo que não come, não dorme, não estuda.Covarde!Eu teria tanta coisa pra te falar!Eu te chingaria dos nomes mais absurdos, eu contaria de como você me deixou, e de tudo oque você me fez passar (!), porém não importa o quanto eu tente resistir, toda hora que você aparece, você me desarma.

8 opiniões:

HSLO disse...

Nossa que envolvimento...viu.


abraços

Hugo
Nosso-Cotidiano

Aline Dias disse...

esse fim de semana eu vi uma peça, Inveja dos Anjos. O grupo era do rio e a mulher ficava 15 anos esperando o sujeito e ele voltava. e ela dizia antes aos amigos que tinha olhado tantas vezes pra ele que a imagem tinha ficado grudada na retina.

paixão é foda.

Camila disse...

Já aconteceu isso cmigooo!
Justo quando eu estava desencanando vem o bendiiito e diz que não consegue parar de pensar em mim e bla bla bla...
deixei ele lá. sem parar de pensar em mim e fiquei na minha bem feliz1

QUE SAUDADE!

beijo

*Natália* disse...

Saudades daqui...
Gostei do novo layout !

beiiiiiiiijos.

Luh* disse...

Aih é tão ruim ter ainda um snetimento q parece nunca ir embora!
beijos

Larissa Bohnenberger disse...

Ai que raiva!!!!
Primeiro fazem a gente comer o pão que o diabo amassou, depois, qdo estamos quase curadas, vêm choramingando, pedindo arrego...
Que ódio!

Cris Mitsue disse...

Coisa complicada.

Sylvio de Alencar. disse...

Sentir é muito legal. Mas nem tudo é 'muito legal', né.
O que te falar?: continue se 'desarmando' para ele, e poderá passar, de novo, por tudo isso.

 

Blog Template by YummyLolly.com - Photoshop Brushes Obsidian Dawn